É reaberta em Petrópolis a Catedral de São Pedro de Alcântara trazendo diversas antiguidades do século XVI

Após 18 meses fechados, reforma conta com nova exposição.

Anúncio


Rio de Janeiro, 6 de julho de 2022, por Priscila Lívia — Confira no blog Tecno Notícias  é reaberta em Petrópolis a Catedral de São Pedro de Alcântara trazendo diversas antiguidades do século XVI nessa última sexta-feira (01) e promete atrair ainda mais turistas após 18 meses fechada devido a reforma.

Continua depois da publicidade

É reaberta em Petrópolis a Catedral de São Pedro de Alcântara trazendo diversas antiguidades do século XVI

Em Petrópolis, a belíssima Catedral de São Pedro de Alcântara, que começou a ser construída em 1876. Não só foi reaberta como também teve sua fachada restaurada e trouxe várias novidades para os amantes das antiguidades no dia 01 deste mês.

Antiguidades do século XVI

Além de receber uma restauração na fachada, a Catedral de São Pedro de Alcântara, idealizada pelo imperador D. Pedro II. Agora conta com uma galeria auto expositiva repleta de relíquias raríssimas que datam desde o século XVI ao século XIX, como imagens de santos. Objetos religiosos como, por exemplo, um missal em latim que data de 1745.

Continua depois da publicidade

Juntamente com as imagens e objetos religiosos antigos, serão feitas exposições holográficas. Com imagens antigas e a história da catedral para os visitantes conhecerem melhor esse patrimônio. A reforma também conta com a abertura da área da torre que permite uma visão de 360° da cidade de Petrópolis.

Continua depois da publicidade

Reforma da catedral

A reforma da catedral, que recebeu o título de patrimônio cultural brasileiro pelo Iphan na década de 80. Foi autorizada pelo Ministério do Turismo e contou com R$13 milhões de investimento pelo Banco Nacional de Desenvolvimento — BNDES.

Então tornou a visitação à catedral mais acessível com rampas de pedra sobrepondo. As antigas escadas de pedra de uma das laterais e calçadas com piso tátil. Além disso, teve sua estrutura reforçada, pois continha rachaduras que ameaçavam a estabilidade do monumento.

Por fim, o Ministro do Turismo visitou a catedral na última quinta-feira, dia 30, véspera da reabertura.

Carregando comentários aguarde...
...