Brasil registra mais de 3 milhões de casos e novos casos de reinfectados do covid-19

Nesta quarta-feira (26) o Brasil confirmou novos casos de mortes do novo coronavírus. Embora, devido a alguns dados, foram calculados que os números chegaram a mais de 3 milhões de infectados desde o surgimento da doença. Pesquisa da equipe tecnonoticias.com.br.

Imagem: Notícia Exata
Imagem: Notícia Exata

Todos os dias são registradas várias mortes e vários infectados da doença do novo covid-19. Entretanto, desde o começo da manifestação da doença o Brasil registra mais de 3,6 milhões de casos do coronavírus e mais de 116 mil mortes.

Aliás, desde a última terça-feira (25), foram registrados pelo Ministério da Saúde mais de mil mortes por dia. São relatados mais de mil mortes todos os dias em todo o lugar do mundo, e os casos de pessoas reinfectadas estão sendo estudados em São Paulo. No Brasil, foram registrados cerca de mais de 2 milhões de casos de recuperação do covid-19, dizem notícias.

Afinal, cerca de 7 pessoas que foram infectados pelo coronavírus, após a recuperação, relataram que voltaram a ter os sintomas novamente, os mesmo sintomas da primeira infecção. Conforme o Hospital das Clínicas de São Paulo, esses casos ainda estão em investigação.

Os primeiros casos de covid-19 começou na China, chegando em cerca de mais de 80 mil casos e mais de 4 mil mortes. Então, até um certo período não teve mais registros de infectados e mortes, mas, com atualização e investigação, a China informou que um homem de 33 anos que já tinha sido infectado pegou a doença pela segunda vez.

Cuidados para evitar a contaminação

As vacinas já estão na terceira fase dos estudos, mas cientistas dizem que a imunização não pode levar para a vida toda. Contudo, notícias afirmas que a imunização de uma das três vacinas podem durar em cerca de apenas 2 anos.

Enfim, os cuidados para evitar a contaminação continuam sendo os mesmo. Devemos ficar mais atentos, principalmente com os comércios que estão abrindo. Sempre andar de máscara, álcool em gel e manter o distanciamento de 2 metros.

Para obter mais conteúdos siga o Tecno Notícias no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.