Vacinação no Rio Grande do Sul: Profissionais da assistência social podem ter prioridade, como propõe Projeto de Lei

O PL 87/2021 visa dar preferência aos profissionais que estão diretamente em contato com a população vulnerável

playdevideoyoutube

Top Stories Como remover manchas de ketchup das roupas? Essas dicas vão salvar sua peça!

Hoje (14/04) Luciana Genro (PSOL-RS) anunciou a proposição de um Projeto de Lei estadual. O PL 87/2021 visa dar preferência aos profissionais da assistência social na fila da vacinação no Rio Grande do Sul contra a Covid-19.

Com isso, servidores públicos, estaduais e federais que atuam no estado poderão ter preferência na imunização. Com isso, pretende-se proteger quem está diretamente em contato com a população vulnerável.

Assim, o PL se volta aos servidores que prestam seus serviços ao SUAS, o Sistema Único de Assistência Social. Contudo, a criação de um novo grupo prioritário na fila de vacinação depende, ainda, da análise e aprovação pela Assembleia Legislativa do RS.

Vacinação no Rio Grande do Sul
Luciana Genro (PSOL-RS) apresenta Projeto de Lei sobre a vacinação no RS. – Foto: Revista Movimento

Projeto de Lei dá preferência aos profissionais da assistência social na vacinação do Rio Grande do Sul

O PL teve apresentação hoje pela deputada estadual Luciana Genro (PSOL-RS). A proposição dele, aliás, teve anúncio nas redes sociais da política.

Conforme o anúncio da deputada gaúcha, o Projeto de Lei se embasa em um estudo do British Medical Journal. Segundo ele, os profissionais da assistência social compõem o segundo grupo mais vulnerável à pandemia. Dessa maneira, ficam atrás, nessa classificação, apenas dos profissionais da saúde.

Isso, então, justificaria a sua preferência na fila de vacinação no Rio Grande do Sul. Para tanto, o PL considera tanto os servidores com concurso público quanto os trabalhadores com contrato de terceirização.

Além disso, o Projeto tem apoio de campanhas paralelas. Por exemplo, hoje  (14/04), acontecerá às 18h30min uma live em apoio aos profissionais da assistência social. Ela ocorrerá na página Frente Gaúcha em Defesa do SUAS no Facebook sob o nome de “Vacina SUAS já”.

Caso haja aprovação no projeto a vacinação no Rio Grande do Sul seguirá os passos da imunização em São Paulo. Afinal, o estado paulistano também deu preferência aos profissionais da assistência social na imunização contra a Covid-19.

Rate this post

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News.
Comentários
Loading...