A Secretaria Municipal de Saúde de Nova Mutum organizou um coletiva de imprensa, que foi transmitida via live pelo Facebook da Prefeitura nesta manhã (12.06), às 11:00, no paço municipal, para prestar esclarecimentos sobre os novos óbitos por Covid-19 no município.

A responsável pela pasta da Saúde municipal, Anke Schwabe, explicou, com muito pesar a situação dos dois óbitos de cidadãos mutuenses, que aconteceram com menos de 24 horas de intervalo entre si.

“Infelizmente hoje nós viemos trazer a notícia de duas pessoas que faleceram. Um senhor de 52 anos, faleceu ontem a tarde. Já estava internado na UTI há alguns dias. E esta madrugada durante a noite, faleceu uma senhora, que é profissional da saúde – técnica de enfermagem. Ela trabalhou durante muitos anos no hospital. E no momento ela já estava aposentada, mas fez alguns serviços para a Secretaria Municipal de Saúde em contratos de substituição de servidores”, explicou.

Sec. Municipal de Saúde Anke Schwabe / Fonte: www.novamutum.mt.gov.br/
Sec. Municipal de Saúde Anke Schwabe / Fonte: www.novamutum.mt.gov.br/

De acordo com o relatório informativo da vigilância epidemiológica da Secretaria, o número de casos notificados aumentou, somando 1205 pacientes.  Já os casos confirmados subiram para 120, dos quais 11 estão hospitalizados, 41 em isolamento domiciliar e 4 óbitos. O número de recuperados se manteve estável em 65.

Ainda em coletiva, questionada sobre a possibilidade de tomar medidas mais drásticas, com relação às aglomerações que tem ocorrido com frequência em Nova Mutum, que geralmente tem acontecido em alguns estabelecimentos e passam para terrenos baldios, nos arredores, após notificações da Polícia Militar. A secretária mostrou-se indignada e chamou a atenção para a consciência coletiva.

“Temos recebido várias denúncias de aglomeração. A Polícia Militar vai até lá e desfaz estas aglomerações, porém o ser humano teimoso e resistente permanece no lugar continua fazendo festa. Já estamos buscando formas de identificar os donos destes terrenos e de responsabilizá-los por permitir que as pessoas façam as aglomerações e tenham acesso ao local.

A gestora explicou que o Governo tem buscado alternativas para a questão dos leitos neste período crítico. Por meio dos hospitais particulares, por exemplo, que conseguem atender a demanda pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Schwabe ainda reforçou que o poder público está fazendo todo o possível para conter os danos da pandemia. E pediu mais uma vez que a população se cuide com medidas preventivas, que use corretamente a máscara de proteção, lave as mãos com frequência e que evite aglomerações e respeite as regras do isolamento social.

Boletim epidemiológico 11.06 / Fonte: http://www.novamutum.mt.gov.br/
Boletim epidemiológico 11.06 / Fonte: http://www.novamutum.mt.gov.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui