A Prefeitura do município de Belo Horizonte está avaliando, bem como planejando uma reabertura gradual de serviços de determinados setores, tais como feiras, academias e congressos. Tais setores tiveram suas atividades suspensas por conta das medidas preventivas ante o enfrentamento da pandemia.

Dessa forma, foram consolidadas algumas propostas de protocolos para o funcionamento de eventos do tipo exposições, feiras, seminários e congressos para a reabertura gradual. Além destes, outros serviços também estão inclusos, como crossfit, academias, centros para treinamentos esportivo e físico, entre outros. A documentação proposta pela Prefeitura do Município de Belo Horizonte será enviada para que as entidades representativas desses setores façam as devidas avaliações.

Leia mais: Prefeitura de Belo Horizonte entrega cestas básicas aos vulneráveis do município em ação pela Covid-19

As diretrizes se basearam em sugestões expostas pelos mesmos segmentos, mas ajustadas conforme critérios que a Vigilância Sanitária e o Comitê de Enfrentamento à Epidemia apontaram. Além disso, foram levados em conta os protocolos que já estavam vigentes, de acordo com a Portaria SMSA/SUS-BH 0194/2020.

Protocolos instaurados pela Prefeitura do município de Belo Horizonte para reabertura gradual dos setores em questão

Belo Horizonte está na fase do controle, uma vez que somente atividades essenciais estão aptas a funcionar. Entretanto, a elaboração dos protocolos visa a preparação dos setores da economia que serão reabertos gradativamente, segundo determinadas regras. Entre os itens, estão:

Eventos (Exposições, feiras, seminários e congressos)

  • Impedimento da entrada de indivíduos sem máscara, mas também que estejam a usando inadequadamente;
  • Realização do controle da entrada e da saída assegurando a limitação da capacidade recomendada;
  • Usar a maior quantidade de entradas quanto possível para que haja distanciamento;
  • Demarcação do trajeto sugerido, a fim de evitar aglomerações, bem como fluxo/contra fluxo;
  • Capacitação de profissionais para fiscalização de medidas preventivas e de combate ao novo Coronavírus;
  • Entre outros.

Confira também: PBH faz a ampliação dos pontos para desinfecção de ambulâncias de emergência e urgência

Reabertura gradual das academias terá protocolos rigorosos
Reabertura gradual das academias terá protocolos rigorosos – Foto: Freepik)

Academias e outros serviços de ordem esportiva e de atividade física

  • A capacidade máxima deverá ser de 1 frequentador em cada 7 m² nos ambientes fechados – a isso inclui funcionários;
  • Realização dos controles de entrada, bem como de saída assegurando as lotações máximas;
  • Impedimento da entrada de indivíduos sem a máscara, mas também que a esteja usando de maneira inadequada;
  • Impedimento de quem apresentar a temperatura corporal que esteja acima dos 37,8 ºC, assim como sintomas de resfriado e gripe;
  • Atendimentos devem ser feitos somente com prévio agendamento;
  • Não poderá haver nenhum tipo de contato físico de instrutores e alunos, independente das atividades serem ar livre ou não;
  • Aulas grupais só mantendo o distanciamento físico;
  • Disponibilizar a solução desinfetante correta para assepsia de calçados e superfícies;
  • Interrupção da identificação de frequentadores por meio de digitais;
  • Restrição de vestiários quanto à capacidade do uso de sanitários e chuveiros.

Em caso dos clubes para lazer, além de orientações gerais, outras práticas também deverão ser adotadas, como:

  • Lotação máxima em 1 pessoa a cada 13 m² nas áreas externas;
  • Lotação máxima em 1 pessoa a cada 7 m² nas academias, restaurantes, lanchonetes, atividades como pilates, yoga e dança;
  • Impedir o uso das saunas;
  • Limitar a utilização de piscinas, preservando o distanciamento em 2 metros.

Assim, a Prefeitura do município de Belo Horizonte não deixa de amparar tais setores com a reabertura gradual dos mesmos. Mas, em contrapartida, seguirá todos os protocolos e medidas de segurança instauradas pelos órgãos de saúde competentes.

Leia também: Comércio em Belo Horizonte não será reaberto por conta do alerta de nível máximo do novo Coronavírus

Encontrou um erro neste artigo ou notícia? Reportar Erro!

Autores

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui