A Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Nova Mutum, desta semana (15.06) tratou de medidas preventivas do novo Coronavírus. Diante do alarmante crescimento, e temendo o descontrole e caos, o ver. José da Paixão (PP), sugeriu que os testes feitos em laboratórios privados possam ser considerados nas estatísticas estaduais.

Segundo o camarista, essa medida, sob a indicação nº 076/2020, aumentará a transparência na divulgação de dados da Covid-19 no Estado, fazendo com que os laboratórios privados, sejam obrigados a notificar as autoridades estaduais, dos resultados dos testes realizados.

“Precisamos saber qual a real situação do nosso município, para que todos tenham ciência do momento que estamos vivendo e para que cada um possa se cuidar da melhor forma possível, para evitar que os números [de contagiados] se multipliquem de forma desordenada”, explicou.

Câmara de Vereadores / Fonte: www.novamutum.mt.leg.br/
Câmara de Vereadores / Fonte: www.novamutum.mt.leg.br/

Casos do novo Coronavírus em Nova Mutum

Os números de casos do Novo Coronavírus em Nova Mutum são alarmantes. O relatório informativo da vigilância epidemiológica da Secretaria, da quarta passada (10.06) apontava 117 casos confirmados da doença. Já uma semana depois (18.06), o número de confirmados subiu para 209. E os pacientes notificados também tiveram um aumento estrondoso, no intervalo entre estas datas: Foi de 1191 para 1475 casos.

O vírus tem se disseminado cada vez mais com facilidade, devido à negligência da população, que tem desobedecido as medidas de prevenção e as orientações do poder público, como mostra a secretária de Saúde, Anke Schwabe, em entrevista coletiva, realizada na ultima sexta (12.06).

“Toda semana eu e o próprio prefeito vimos aqui [conceder entrevista] e pedimos para a população que mantenha o distanciamento e isolamento social, e ainda assim a população pensa que estamos brincando com coisa séria”, lamentou

Medidas drásticas: Toque de recolher

De acordo com o relatório informativo da vigilância epidemiológica da Secretaria municipal de Saúde, desta segunda (15.06), o número de casos notificados chegou a 1372. Já os casos confirmados subiram para 153, dos quais 8 estão hospitalizados, 52 em isolamento domiciliar e 4 óbitos.

Devido à rápida disseminação do vírus, o prefeito municipal, Adriano Xavier Pivetta (PDT), decretou toque de recolher, a partir da próxima sexta (19.06). O horário decretado será das 21h até as 5h. E só poderão circular pessoas de serviços essenciais, conforme mostra o decreto n° 091/2020.

A decisão foi tomada após uma reunião do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Novo Coronavírus. E a intenção é reduzir a circulação de pessoas, pelos próximos 15 dias, a fim de reduzir o aumento repentino e crescente dos casos de Covid-19 no município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui