O caminhoneiro José Luiz Diniz de 61 anos foi salvo graças a ação da Força Tática da Polícia Militar em Tangará da Serra após sofre um AVC e no último dia (13) teve alta hospitalar.

O homem estava sendo procurado após um dos sócios da empresa onde ele trabalhava pedir ajuda por achar que ele havia sido assaltado, mas graças aos policiais ele foi encontrado com vida.

A carreta foi encontrada no estacionamento de uma empresa em Tangará da Serra

Ao verificarem que a carreta estava estacionada em uma empresa na saída de Tangará da Serra a 240 de Cuiabá, os policiais observaram que José Luiz Diniz estava com vida e sem sinais de agressão.

O Samu foi acionado e o homem foi mantido em internação até ontem, quando recebeu alta médica para seguir de volta a cidade onde mora em Minas Gerais e deverá continuar o tratamento em casa.

A ação na procura da Força Tática da Polícia Militar de Tangará da Serra foi fundamental para que José Diniz se recuperasse do AVC (Acidente Vascular Cerebral) que sofreu dentro da cabine de sua carreta.

Esposa se preocupa com a falta de notícias

A esposa do caminhoneiro se preocupou quando ao ligar para o marido sentiu sua comunicação diferente, e por isso acionou a empresa onde ele trabalhava.

Fato que também foi fundamental para que Diniz pudesse ser socorrido e levado a tempo para o hospital receber atendimento médico.

Ao receber alta José Diniz agradeceu o sargento Admilson que foi um dos policiais que participou da operação para salvá-lo, e embora ele tenha algumas sequelas do AVC, vai seguir seu tratamento ao lado da esposa.

Segundo o Portal do Ministério da Saúde “quanto mais rápido for o diagnóstico e o tratamento do AVC, maiores serão as chances de recuperação completa”.

Por isso é primordial que ao primeiro sinal que alguém está sofrendo um AVC seja procurado atendimento médico, e ainda segundo o portal, os primeiros sintomas são:

  • Fraqueza ou formigamento na face, braço, perna e especialmente em apenas um lado do corpo;
  • Confusão mental ou alteração da fala e falta de compreensão;
  • Alteração na visão, equilíbrio, coordenação, tontura ou alteração no andar;
  • Dor de cabeça súbita, intensa e sem causa aparente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui