“Coronavírus entra pelas narinas. E máscara é a principal barreira de proteção” diz secretária

A secretária municipal de Saúde de Nova Mutum, Anke Schwabe, concedeu entrevista exclusiva à equipe do tecnonotícias.com.br. Na ocasião, ela tratou de diversos temas recentes, relacionados ao novo Coronavírus.

Primeiramente, a secretária explanou sobre o crescente número de notificações, que vem sendo observado nos boletins epidemiológicos diários, emitidos pelo município.

“Por sermos uma cidade razoavelmente pequena, é mais fácil pra gente fazer a vigilância.  A gente ainda tem aqui na cidade aquele contato próximo. E os laboratórios tem esse contato direto com a Secretaria de Saúde também. Eles sempre nos comunicam, porque temos que fazer a vigilância o tratamento quando é necessário. Este é um trabalho que nós já vinhamos realizando, com outras doenças como a Leishmaniose e outras. E com a Covid-19 não é diferente.Então nós temos esta comunicação rápida via celular mesmo. E a vigilância epidemiológica vai fazer a busca ativa destes casos. Temos o prontuário eletrônico, que contém todas as informações de contato das pessoas. E entramos em contato com os PSF’s e pedimos pra realizar visita e prestar atendimento”, esclareceu.

Por outro lado, Schwabe também reforçou o uso de medidas básicas de saúde, como lavar as mãos com frequência, com água e sabão, respeitar o distanciamento social e, por fim, fazer uso correto da máscara, que deve proteger e tampar totalmente narinas, boca e queixo.

Medidas contra o Coronavírus

De acordo com o Ministério da Saúde, a Covid-19 é uma doença causada pelo coronavírus SARS-CoV-2, que apresenta um quadro clínico que varia de infecções assintomáticas a quadros respiratórios graves. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a maioria dos pacientes com a doença podem ser assintomáticos e cerca de 20% dos casos podem requerer atendimento hospitalar por apresentarem dificuldade respiratória. E desses casos aproximadamente 5% podem necessitar de suporte para o tratamento de insuficiência respiratória (suporte ventilatório).

Em Nova Mutum, a Secretaria de Saúde emite um relatório epidemiológico diário, com os números pertinentes à doença. No boletim desta quinta (25.06), existem 2014 casos notificados e 372 confirmados.

Destes ultimos, 17 estão hospitalizados e outros 151 em isolamento domiciliar. Já os recuperados tem aumentado, dia após dia e hoje alcançam 197 pessoas. No entanto, felizmente não houve mais óbitos, desde a ultima terça (23.06). Quando o município perdeu sua sétima vítima para a doença.

Diante disso, o município resolveu tomar algumas medidas, para minimizar a disseminação do vírus na sociedade. Toque de recolher, das 21h até as 5h, redução de horário de atendimento da prefeitura e órgãos municipais, instalação de barreiras sanitárias e a disponibilização de medicamentos comuns no tratamento da Covid-19, para a rede pública, a critérios médicos.

Leave A Reply

Your email address will not be published.