Casos de coronavírus no Paraná preocupam

Os casos de coronavírus no Paraná preocupam. Já que de acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde no último sábado (20/06) no estado já somam 13.662 casos confirmados da Covid-19 e 428 mortes causadas pela doença. Novas medidas de restrição já foram impostas no estado. No entanto, não parece estar surgindo efeito.

Casos de coronavírus no Paraná

Segundo o boletim, são nove novas mortes pela doença e 880 casos a mais da Covid-19, em relação aos dados de sexta-feira (19). No Paraná, dos 13.662, 4.019 pessoas já se recuperaram da Covid-19.

Entre as novas mortes confirmadas no relatório do último sábado, estão pacientes que estavam internados e morreram pela Covid-19 entre os dias 15 e 20 de junho. As vítimas são três mulheres e seis homens, entre 33 a 84 anos. Confira:

  • Homem, de 44 anos, de Assaí e morreu em 20 de junho;
  • Mulher, de 73 anos, de Cascavel e morreu em 18 de junho;
  • Homem, de 83 anos, de Cascavel e morreu em 19 de junho;
  • Homem, de 68 anos, de Colombo e morreu em 19 de junho;
  • Mulher, de 82 anos, de Ibema e morreu em 16 de junho;
  • Homem, de 84 anos, de Clevelândia e morreu em 15 de junho;
  • Mulher, de 33 anos, de Itaperuçu e morreu em 17 de junho.
  • Homem, de 63 anos, de Cornélio Procópio e morreu em 16 de junho;
  • Homem, de 39 anos, de Curitiba e morreu em 19 de junho;

Então, além dos casos de coronavírus no Paraná que estão de fato preocupantes, a Sesa informou que o total de 420 pacientes diagnosticados com Covid-19 no estado estão internados, sendo que 287 pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e outros 133 pela rede particular.

Casos de coronavírus no Paraná
Casos de coronavírus no Paraná seguem preocupante – Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Enfim, dos pacientes internados pelos SUS, 118 estão em leitos de UTIs e 165 em leitos clínicos de enfermaria. Já na rede particular são 50 em UTI e 83 em leitos clínicos/enfermaria. A situação segue de fato preocupante, pois os casos só aumentam no estado. Com os isso, medidas mais severas podem ser tomadas.

Leave A Reply

Your email address will not be published.