Thayse Teixeira, digital influencer e ex-participante do programa ”A Fazenda” da Record TV, foi duramente criticada nas redes sociais essa semana por furar quarentena e se justificar com declarações polêmicas.

Ela que descumpriu o isolamento social, revelou a seus seguidores que foi até a uma clínica de estética se depilar. Mas o que causou revolta no público, foram os comentários considerados machistas feitos por Thayse Teixeira. Em um deles, ela diz que se as mulheres não se depilarem, podem ser traídas pelos companheiros. Os internautas detonaram a loira.

Leia também: Ex-BBB Gleici Damasceno comemora o dia do Yoga com foto inusitada em seu instagram

Confira ainda: Cesar Menotti diz que não é mais o mesmo, embora o senso de humor continue afiado, confira

Eu acho ela totalmente contraditória, prega o tempo todo a aceitação, a força feminina e abre a boca para normalizar a traição do homem por conta de pentelh*”, disse a página que compartilhou o vídeo de Thayse. Culpando a mulher pela escrotidão dos machos, não sei como essa figura tem tantos seguidores”, opinou um seguidor.

”No começo do vídeo parece que ela tá falando merd*, mas no final, parecia que tava no começo”, comentou uma segunda internauta. ”Me poupeeee,o namorado dela nem estava vendo a dela quando ela estava na fazenda e traiu do mesmo jeito”, disse outra.
Lamentável mulher continuar perpetuando esse tipo de discurso”, comentou outra internauta. ”Em momentos como esse eu fico imaginando ao que a mulher se submete somente pra pensar que não será traída”, criticou uma seguidora.

Thayse Teixeira dá cano em fã e vira assunto

A ex-peoa Thayse Teixeira virou assunto por não ter cumprido o que prometeu a um adolescente de 14 anos, pouco antes de entrar no confinamento do programa ”A Fazenda 11” no ano passado.

A digital influencer prometeu ao garoto que sofria bullying por vender geladinho, que daria uma sorveteria para ele. Mas, o tempo passou e até hoje a promessa não foi cumprida. Questionada sobre o motivo de não cumprir o combinado, Thayse se explicou à colunista Fábia Oliveira.

“Eu me sensibilizei com a história da criança há alguns meses atrás e logo em seguida eu entrei na Fazenda”. Ela também disse que foi orientada a não passar uma sorveteria para o nome de um menor de idade e que os pais do garoto não têm condições de administrarem uma empresa.

Veja mais: Suposto sósia brasileiro de Will Smith viraliza na internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui