Top Stores

Ciro Gomes comenta a respeito de mais um aumento no preço do gás

Ex-deputado critica e chama isso de "arrocho do trabalhador"

Top Stories Sonhar com gato: saiba o real significado de sonhar com o felino

Surpreendentemente, o ex-deputado Ciro Gomes (PDT-CE), em sua conta oficial no Twitter, comentou hoje (05/04) a respeito de mais um aumento no preço do gás que ocorreu recentemente. Saiba mais sobre isso aqui no Tecnonotícias.

Além disso, Ciro também fala que apesar da população em geral não comprar dólar, ela necessita cozinhar, o que demanda gás e utilizar o ônibus, o que demanda óleo diesel. Vale lembrar que o gás de cozinha e o óleo diesel são derivados do petróleo e, atualmente, devido a uma política de preços do governo, está agora atrelado ao dólar.

O aumento no preço do gás e suas causas

Conforme corretamente citou Ciro Gomes, cerca de 1/3 da capacidade da produção da gasolina, gás de cozinha e óleo diesel da Petrobrás foram paralisados pelo governo federal. Por conta disso, acabou havendo um aumento no preço do gás e também dos combustíveis, obviamente.

aumento no preço do gás de cozinha
Ciro Gomes comenta a respeito de mais um aumento no preço do gás. Fonte da imagem: Pixabay

Em razão da Política de Preços de Importação (PPI), o preço do petróleo aqui no país foi internacionalizado. Em outras palavras, os preços do petróleo e, consequentemente, os seus respectivos  deriavados, oscilam de acordo com o preço médio do petróleo no mercado internacional.

Além disso, a fim de se adequar a essa política, a Petrobrás está forçadamente com uma capacidade produtiva ociosa. Ou seja, mesmo o Brasil tendo condições internas de suprir suas demandas de petróleo e derivados, sofre pressões para não operar a todo vapor, o que força o país a comprar petróleo vindo de fora.

Novo aumento

Inopinadamente, a Petrobrás informou hoje que a partir do dia 1º de maio, vai haver aumento no preço do gás. Com efeito, segundo a companhia, os valores de venda do gás natural para as distribuidoras sofrerão um aumento de 39% em reais por metro cúbico. De fato, isso é em comparação ao último trimestre.

Em dólar por milhão de Btu, isso representará um aumento de 32%. Ademais, os preços internos das commodities tiveram um aumento por conta da desvalorização do real frente ao dólar. A propósito, esse aumento é fruto não somente do preço de venda, mas também o aumento nos custos de transporte do produto.

 

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News.
Comentários
Loading...