Futebol ao vivo: Brasil empata com Equador, em dia de juiz e VAR protagonista

Alisson, goleiro do Brasil, foi expulso duas vezes

Equador e Brasil protagonizaram um futebol ao vivo muito interessante, no entanto, mal se saberia no que decorrer do jogo haveria o juiz interferindo diretamente nos lances capitais que sucederam ao longo de todo o jogo. Confira o que ocorreu em nosso site do futebol ao vivo.

No confronto entre as equipes no futebol ao vivo, Equador e Brasil tinha um papel decisivo  fora do comum, principalmente pelo fator da equipe mandante ainda necessitar de um resultados satisfatório. Portanto, era um jogo complicado desde o início do confronto.

O começo foi de forma interessante, mas com algumas entradas fora do normal demonstrando que a partida seria complicada para ser disputada até então. Por isso,  Tite resolveu colocar alguns jogadores fortes para dar combate nas jogadas.

Leia também: Futebol ao vivo: Primavera x Portuguesa; onde assistir a partida que fecha a 1ª rodada da A2

Futebol ao vivo: Juiz protagonista

Apesar dos primeiros minutos serem sufocantes para a seleção equatoriana, o Brasil conseguiu achar o seu gol logo cedo. Casemiro aproveitou a bobeada que deixou dos zagueiros e marcou o gol inicial do confronto até aquele momento.

Após o primeiro gol, o juiz começou a ser o protagonista da cena com uma cena lamentável do zagueiro equatoriano quando deixou as travas da chuteira para cima de Matheus Cunha. Até então, o juiz demorou a dar resposta para a situação.

Os 5 minutos foram decisivos para que o juiz pudesse modificar o ambiente do confronto. Com jogadas mais pesadas, o jogador brasileiro Emerson Royal que já tinha levado amarelo tem pouco tempo, recebeu o vermelho de maneira correta.

Com a expulsão, o árbitro mais uma vez foi protagonista quando resolveu expulsar o Alisson de uma maneira covarde, visto que, o goleiro brasileiro tinha chegado primeiro antes de ter o contato. Depois de delongos 8 minutos, o juiz anulou o cartão vermelho e sacou o amarelo.

Leia também: Chile x Argentina: pré-jogo, escalações e onde assistir às Eliminatórias da Copa da Mundo

Segundo tempo morno

Sem a devida atenção se comparada no primeiro tempo, a seleção brasileira permitiu os espaços para que o Equador pudesse avançar cada vez mais. Por isso, aproveitou-se das falhas que os zagueiros não subiram de forma correta e o jogador cabeceou sem chances para Alisson defender.

Por fim, no último lance da partida,  Alisson espalma antes da chegada do atacante do Equador e o o jogador é expulso mais uma vez. No entanto, com uma revisão do VAR retrocede a decisão e mantém o goleiro do Brasil em campo.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Ler Mais