Regina Casé convida para live e fala dos projetos sociais do Bloco Ilê Aiyê

Regina Casé, referência na divulgação da cultura popular brasileira, ocupou uma de suas redes sociais, o Instagram, hoje (11), para convidar a web a assistir a live do Bloco Ilê Aiyê, amanhã, no YouTube.

Regina falou das belezas que o grupo trouxe ao mundo, em termos de cultura, assim como pediu a colaboração com doações, para que os projetos sociais desenvolvidos pelo Ilê possam continuar se mantendo.

Confira essa:Maria Gretchen surpreende a web ao posar de forma inusitada com seu noivo

“É AMANHÃ essa live super esperada!! Ilê Aiyê! @blocoileaiye. Esse bloco Afro que tanta coisa maravilhosa, tanta beleza, tanta cultura trouxe pra minha vida, pra Bahia, pro Brasil e pro mundo!! Vamos curtir todas aquelas músicas lindas do Ilê, mas também vamos doar para os projetos incríveis como a Band’Erê, a Escola Mãe Hilda e tantos outros que o Ilê mantém lá no Curuzu! Espero vocês lá!!! Às 16h!!! Vamos! Vai ser demais! Já pensou em passar o fim de tarde de domingo na Bahia?”

Na conta do Instagram do Bloco Ilê Aiyê, o convite para a live já vem sendo feito há alguns dias e também chama a atenção para a necessidade da colaboração da sociedade. “Juntos somos ainda mais fortes. A apresentação Ilê Vivo acontece amanhã no Youtube e você não pode perder. Com a sua ajuda, poderemos continuar desenvolvendo e atuando ativamente nas causas sociais do povo negro. Lembre-se de fazer sua doação!”.

Veja ainda: Antônia Fontenelle é ovacionada após detonar o novo livro do Felipe Neto

Anúncio da live do Bloco Ilê Aiyê - Imagem reproduzida do Instagram
Anúncio da live do Bloco Ilê Aiyê – Imagem reproduzida do Instagram

Afinal de contas, o que é o ‘Ilê Aiyê’?

O Ilê Aiyê é bloco afro mais antigo do carnaval de Salvador, Bahia. Foi fundado no ano de 1974, pelos moradores do bairro do Curuzu e tem a missão de difundir a cultura africana e a militância negra. Na atualidade, o bloco fomenta uma associação cultural responsável por manter escolas para crianças carentes de Salvador. Considerado patrimônio da cultura baiana, teve papel fundamental na reafricanização do carnaval da Bahia. 

Leia também: Luísa Sonza debocha nas redes sociais após ser flagrada com Vitão

Para obter mais conteúdos siga o Tecno Notícias no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.