Festa no IML: paginas divulga fotos e vídeos e incentivam necrofilia

Vilipêndio de cadáver é crime com pena de até 3 anos e multa

Grupos que operam em redes sociais como Whatsapp e Facebook começaram a chamar atenção por compartilhar postagens de incentivo à necrofilia, termo utilizado na psiquiatria para definir a excitação sexual ao ver ou ter contato íntimo com cadáveres. O vilipêndio de cadáver, crime que pode resultar em até 3 anos de prisão e multa.

Um casal de diretores funerários descobriu a existência de grupos que incentivam a necrofilia por meio de postagens compartilhadas no Facebook e pelo Whatsapp, onde há fotos de mulheres e travestis mortas com comentários como “olha essa bundinha, olha esse peitinho, poxa isso a gente não tem em casa”.

A página “Festa no IML” que eles acompanhavam desde 2019 reunindo provas, tinha milhares de membros e fazia várias postagens sugestivas à necrofilia. Alguns posts chegavam a ter até 300 curtidas.

Grupos que operam em redes sociais como Whatsapp e Facebook começaram a chamar atenção por compartilhar postagens de incentivo à necrofilia, termo utilizado na psiquiatria para definir a excitação sexual ao ver ou ter contato íntimo com cadáveres. O vilipêndio de cadáver, crime que pode resultar em até 3 anos de prisão e multa.

Um casal de diretores funerários descobriu a existência de grupos que incentivam a necrofilia por meio de postagens compartilhadas no Facebook e pelo Whatsapp, onde há fotos de mulheres e travestis mortas com comentários como “olha essa bundinha, olha esse peitinho, poxa isso a gente não tem em casa”.

A página “Festa no IML” que eles acompanhavam desde 2019 reunindo provas, tinha milhares de membros e fazia várias postagens sugestivas à necrofilia. Alguns posts chegavam a ter até 300 curtidas.

Fonte: https://www.leiaja.com/
Para obter mais conteúdos siga o Tecno Notícias no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.