Dezenove anos sem Cássia Eller: Caetano Veloso presta sua homenagem

Cássia Eller foi uma das maiores e mais conhecidas cantoras que o Brasil já teve, e recebeu a sua homenagem do amigo Caetano

Nesta terça-feira (29), Caetano Veloso prestou a sua homenagem à cantora Cássia Eller. Hoje, fazem 19 anos desde que a cantora se foi. Ela deixou o seu legado na história da música brasileira e, não só por isso mas pela amizade dos dois, Caetano fez uma citação memorável em memória dela:

““Cássia é uma das maiores cantoras brasileiras de todos os tempos. Nela está o espírito de Aracy de Almeida e Carmen Costa, de Maysa, Dolores Duran e Almira Castilho. Não é por acaso que seu rock’n’roll se refere ao flamenco, à canção francesa mais visceral e ao blues. Cássia é verdade pura.” Texto para o projeto “O espírito do som” de Cássia Eller).”, publicou Caetano Veloso.

Ainda: Larissa Manoela completa 20 anos e é surpreendida: “surpresa de encher o coração”

Cássia Eller, reconhecida em todo o país, morreu aos 39 anos de idade após três ataques cardíacos seguidos, no dia 29 de dezembro de 2001. Pegando muitas pessoas de surpresa na época.

Além de Caetano Veloso, um grande amigo de Cássia Eller, foi Nando Reis. Junto dela fez diversas parcerias na música. Eles tinham tanta conexão, que a cantora é a que mais gravou canções de Nando Reis até hoje. E, dentre as suas músicas, a que mais chama a atenção é, sem dúvidas, ‘Malandragem’ – que já atingiu mais de 92 milhões no YouTube.

Muitos fãs também prestaram a sua homenagem à cantora. Com certeza, muito tempo passará e ela continuará sendo lembrada pela artista e pessoa que foi, com sua personalidade marcante.

Uma das maiores representantes do rock brasileiro nos anos 90. Ela não somente cantava, como compunha diversas letras e também era multi-instrumentista. Recebeu diversos prêmios e reconhecimentos ao longo da carreira, considerada a 40ª maior artista da música brasileira pela revista Rolling Stone Brasil.

Veja também: Thais Fersoza compartilha momento de muito carinho cozinhando com Melinda

Cássia Eller deixou uma marca histórica na cultura brasileira. Mais do que apenas cantar, a sua personalidade marcante é um dos traços característicos que fizeram com que a cantora atingisse altos patamares na carreira musical. Com isso, ela pôde ainda inspirar o filho a seguir o mesmo caminho.

O legado musical da cantora repercutiu na vida do filho, que decidiu seguir a carreira da mãe e atuar na música. O filho único, Chico Eller, fez seu lançamento no dia 11 de dezembro, um dia depois da data em que se celebra o aniversário da mãe.

Sua primeira parceria musical aconteceu aos seus 27 anos de idade. Utilizando o nome artístico de Chico Chico, o cantor do álbum “Onde?” conta com a participação de Francisco Gil, neto de Gilberto Gil, em seu lançamento. Apesar de ter a participação de Francisco Gil em seu mais novo álbum, Chico Chico lançou o seu primeiro álbum em meados de 2015.

Danni Suzuki fala sobre férias na Amazônia e registra contato com animais nativos

Sobre a carreira de Caetano: Caetano Veloso proporcionou, recentemente, uma das lives mais aguardadas e comentadas do ano. Seu especial de Natal atingiu uma marca histórica, chegando a cerca de 1 milhão de pessoas em transmissão simultânea. Ele ainda continua sendo uma das maiores vozes de todo o Brasil.

Leave A Reply

Your email address will not be published.