O Minha Casa Minha Vida (MCMV) é um programa habitacional do Governo Federal, que visa ajudar as pessoas de baixa renda a adquirir seu primeiro imóvel próprio. Até 90% do valor do imóvel é subsidiado, enquanto o restante deve ser pago pelo beneficiado. Porém, o não pagamento das parcelas do financiamento pode gerar negativação do nome junto aos birôs de crédito como SPC e Serasa, bem como a perda do imóvel.

Confira adiante, portanto, como negociar a dívida advinda do não pagamento das parcelas.

Leia ainda: Easynvest permite a negativados no SPC e Serasa abrirem conta para investimentos

Como limpar o nome no SPC e Serasa por causa do Minha Casa Minha Vida?

minha casa minha vida spc e serasa negociar dívida
Como limpar nome sujo no SPC e Serasa por causa do Minha Casa Minha Vida? Fonte da imagem: Caixa Econômica/Reprodução

Ficar com o nome sujo no SPC e Serasa por causa de dívida com o programa Minha Casa Minha Vida pode gerar consequências desastrosas para o consumidor. Com efeito, correr atrás de uma renegociação da dívida é muito importante.

Dessa maneira, logo de plano, se percebe, que de todos os problemas pelo débito em aberto, a possibilidade de perder o imóvel adquirido é a maior ameaça.

Caso haja a confirmação da perda do imóvel, também se perde a oportunidade de pedir qualquer outro financiamento através do Minha Casa Minha Vida.

Leia ainda: Saiba como aumentar imediatamente a pontuação com o Serasa Score Turbo

Outro desdobramento da dívida não paga se refere a não mais poder solicitar e conseguir o cartão Construcard. Disponível para bancar o custo de construção de imóvel próprio.

Portanto, após 3 meses de atraso nos pagamento das parcelas, a negativação junto aos órgãos de proteção ao crédito é realizada. Por essa razão, procurar fazer uma renegociação é importante.

Como renegociar a dívida do MCMV com a Caixa?

O interessado, devedor das parcelas, deve buscar a própria instituição financeira que fez a ele o financiamento em condições especiais, considerando o programa Minha Casa Minha Vida.

Via de regra a Caixa Econômica Federal é a responsável pelo contrato imobiliário e possui um canal específico para atender a seus correntistas.

Outra possibilidade é recorrer a uma empresa especializada no ramo de negociação de dívidas. Esta intermediária ficará encarregada de todo o processo de negociação. Logo depois, entrará em contato com o consumidor para atualizá-lo das propostas.

Leia ainda: Opção de conta digital para negativados no SPC/Serasa com os donos das Casas Bahia; confira

Importante que o consumidor inadimplente não demore para buscar uma alternativa de renegociação do débito, pelos motivos, claro, já antes elencados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui