Saque integral do FGTS: saiba como retirar na Caixa o dinheiro do fundo em caso de doença

0
45
Saque integral do FGTS: saiba como sacar dinheiro do fundo em caso de doença grave
Saque integral do FGTS: saiba como retirar dinheiro do fundo em caso de doença

Brasília, 09 de novembro de 2019 – Uma das possibilidades para saque integral do FGTS junto à Caixa é no caso do trabalhador ou algum de seus dependentes ser diagnosticado com determinadas doenças específicas. Para tal, é preciso apresentar alguns documentos para comprovação do problema. Confira abaixo quais os requisitos e as doenças que se enquadram nessa modalidade de saque do Fundo de Garantia.

Saque integral do FGTS: saiba como retirar dinheiro do fundo em caso de doença grave
Saque integral do FGTS: saiba como retirar dinheiro do fundo em caso de doença grave

Como retirar dinheiro do FGTS em caso de doença grave

De acordo com o site da Caixa Econômica é possível sacar o dinheiro do Fundo de Garantia nas seguintes condições:

  1. Portador de HIV/AIDS;
  2. Tumor maligno/Câncer;
  3. Estágio terminal em decorrência de doença grave.

Sendo assim, veja abaixo quais os documentos necessários para sacar

Portador de HIV – SIDA/AIDS (trabalhador ou dependente)

  • Documento de identificação;
  • Número de inscrição PIS/PASEP/NIS;
  • Carteira de Trabalho;
  • Posteriormente é preciso apresentar atestado médico fornecido pelo profissional que acompanha o tratamento do paciente, no qual deve constar o nome da doença ou o código da Classificação Internacional de Doenças (CID), o número de inscrição do médico no Conselho Regional de Medicina (CRM) e a assinatura com carimbo;
  • Além disso, comprovante de dependência, no caso de saque em que o dependente do titular da conta for portador do vírus HIV;
  • Atestado de óbito do dependente, caso este tenha vindo a falecer em consequência do problema.

Veja ainda:

FGTS: trabalhador tem até 5 anos para reclamar de dinheiro não depositado no fundo; entenda

Neoplasia maligna – câncer (trabalhador ou dependente)

  • Documento de identificação;
  • Carteira de Trabalho;
  • Número de inscrição PIS/PASEP/NIS;
  • Atestado médico com validade não superior a 30 dias, contados de sua expedição, firmado com assinatura sobre carimbo e CRM do médico responsável pelo tratamento, com diagnóstico no qual relate as patologias ou enfermidades, assim como o estágio clínico atual da moléstia e do enfermo, indicando expressamente que o paciente está sintomático para a patologia;
  • Laudo do exame laboratorial que serviu de base para elaboração do atestado médico; ou ainda Relatório circunstanciado do médico, que explique as razões impeditivas para a realização do exame, acompanhado de outros exames complementares comprobatórios;
  • Comprovante de dependência, no caso de saque em que o dependente do titular da conta for acometido pela doença;
  • Do mesmo modo, atestado de óbito do dependente, caso este tenha vindo a falecer em consequência da moléstia.

Estágio terminal em decorrência de doença grave (trabalhador ou dependente)

  • Documento de identificação;
  • Carteira de Trabalho;
  • Cópia autenticada das atas das assembleias que comprovem a eleição, eventuais reconduções e término do mandato, quando se tratar de diretor não empregado.
  • Número de inscrição PIS/PASEP/NIS;
  • Atestado médico contendo diagnóstico médico, claramente descritivo que, em face dos sintomas e do histórico patológico, caracterize estágio terminal de vida, em razão de doença grave consignada no CID, que tenha acometido o titular da conta vinculada do FGTS ou seu dependente, bem como assinatura e carimbo com o nome/CRM do médico que assiste o paciente, indicando expressamente que o paciente se encontra em estágio terminal de vida;
  • Documento hábil que comprove a relação de dependência, no caso de dependente do titular em estágio terminal de vida, em razão de doença grave;
  • Por fim, atestado de óbito do dependente, caso este tenha vindo a falecer em consequência da doença.

Veja também:

3 razões que justificam o saque do FGTS, saiba mais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here