Faça o dinheiro do seu PIS/Pasep render mais. Aprenda a investir

0
56
Faça o dinheiro do seu PIS/Pasep render mais. Aprenda a investir

17 de novembro de 2019– Saber investir é a chave principal para fazer o dinheiro render mais e assim obter algum lucro. Manter as economias na poupança ainda é uma prática muito realizada pelos brasileiros. Entretanto, há diversas opções mais rentáveis e que são simples de fazer. Essa é uma boa ideia para quem vai receber o abono PIS/Pasep e precisa de mais dinheiro a médio ou longo prazo. Veja.

Faça o dinheiro do seu PIS/Pasep render mais. Aprenda a investir
Faça o dinheiro do seu PIS/Pasep render mais. Aprenda a investir

É possível investir o dinheiro do PIS/Pasep? A partir de quanto?

Os valores pagos do PIS/Pasep variam de R$ 84,00 (oitenta e quatro reais) a 1 salário mínimo de R$ 998,00 (novecentos e noventa e oito reais).

Contudo, a quantia a ser paga depende da quantidade de meses trabalhados, com carteira assinada, no ano base 2018. Quem tiver trabalhado o ano de 2018 inteiro, registrado em carteira, terá direito ao valor de um salário mínimo de R$ 998,00.

Muitas pessoas têm em mente que para aplicar é preciso ter muito dinheiro e, por isso, recorrem à poupança. Entretanto, há algumas boas opções de investimento em que é possível investir com apenas R$ 30,00, como o Tesouro Direto, por exemplo.

Nesse sentido a definição de objetivos e também do perfil de investidor será fundamental, para obter sucesso nos investimentos.

Investimento versus perfil de investidor

Perfil conservador

As melhores alternativas podem ser os títulos prefixados e o Tesouro Selic.

Perfil moderado

Aplicações como Tesouro Direto, Letras de Crédito e de Câmbio costumam trazer bons rendimentos.

Além disso, investimentos de menor porte na bolsa de valores também podem compor uma boa estratégia.

Os Fundos de Investimentos possuem ações diversificadas, portanto, o risco é mais controlado.

Perfil arrojado

A bolsa de valores é uma boa alternativa para esse tipo de perfil.

Leia ainda: É possível fazer investimento de R$ 1.000 no Banco Original e ganhar mais que a poupança? Confira

Onde investir o dinheiro do Abono Salarial do PIS/Pasep?

Há muitos anos, a poupança não é uma boa aplicação para o seu dinheiro.

A taxa de rentabilidade dela é baixa em comparação com os investimentos de renda fixa.

Conheça 4 opções mais rentáveis que a poupança para investir o dinheiro do PIS/Pasep

Tesouro Direto

Esse é um título público emitido pelo governo. Basicamente, a aplicação funciona como um empréstimo do seu dinheiro para o Estado, que em troca, oferece uma taxa de rentabilidade.

Então, os títulos públicos podem ser uma ótima alternativa para você investir o dinheiro do seu PIS/Pasep.

Conheça as categorias oferecidas:

  • Atrelados à inflação: Tesouro IPCA+ e Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais
  • Indexados à taxa Selic: Tesouro Selic
  • Prefixados: Tesouro Prefixado e Tesouro Prefixado com Juros Semestrais

As aplicações atreladas ao IPCA são indicadas para a proteger o seu dinheiro da inflação e manter o seu poder de compra no futuro.

Contudo, um dos títulos mais recomendados é o Tesouro Selic. Ele possui baixa volatilidade e os rendimentos são exatamente iguais ao comportamento da taxa básica de juros (Selic) que hoje, 24/09/2019, está em 5,40% ao ano.

Os títulos prefixados possuem taxa de retorno fixa, ou seja, é possível saber exatamente o quanto você vai receber no futuro.

Já os títulos do Tesouro Direto são mais adequados para investir com foco no médio e longo prazo. Desta forma, é possível obter rendimentos mais atrativos

CDB

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é um título de renda fixa privado emitido pelos bancos. A taxa de rentabilidade pode ser: prefixada ou pós-fixada.

Pré-fixado

Nos certificados pré-fixados você sabe exatamente quanto vai receber ao final no vencimento, já que a taxa de juros é definida no momento da contratação do serviço.

Exemplo: Considere um título com a taxa pré-fixada de 10% ao ano.

Se você investir R$ 1.000 durante esse período, a sua rentabilidade bruta será de R$ 100.

Pós-fixado

Já em relação a esses títulos o investidor tem a sua rentabilidade ligada atrelada a um índice de referência, o CDI.

E o que é CDI?

CDI são títulos emitidos por instituições financeiras com o objetivo de transferir recursos entre bancos que têm reserva (dinheiro sobrando) para outros que necessitam de capital para repor o seu caixa.

Em resumo, é um empréstimo entre bancos.

Assim, eles emitem este título, vendem para outras instituições e em troca são renumerados (juros) em cima de quem pegou o dinheiro emprestado.

Contudo, essa negociação é realizada apenas de uma instituição financeira para outra, dentro do mercado interbancário, enquanto o CDB pode ser negociado para outros investidores (pessoas comuns).

Exemplo de uma aplicação em CDB pós-Fixado:

Imagine um banco que paga 100% de seu CDI ao ano. Se nesse período (um ano) o seu CDI for de 10%, a rentabilidade bruta do investimento será de 10% ao ano. Ou seja, R$ 1.000 aplicados teriam o rendimento de R$ 100.

Essa é uma aplicação bastante simples. Basta investir o dinheiro do seu PIS/Pasep e fazer o resgate na data de vencimento.

Além disso, esse tipo de investimento conta com a cobertura do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) para valores de até R$ 250 mil. Caso o emissor quebre, você não perde o que investiu.

Se decidir por aplicar em um CDB pós-fixado, priorize aqueles que oferecem taxa de rentabilidade de, no mínimo, 100% do CDI. Dessa forma, você terá uma remuneração justa com apenas R$ 1 mil.

LCI e LCA

A LCI (Letras de Crédito Imobiliário) e LCA (Letras de Crédito do Agronegócio) são investimentos em renda fixa emitidos pelas instituições financeiras.

Os recursos captados pelo emissor são utilizados para financiar as atividades do setor imobiliário e o do agronegócio.

Essas aplicações podem ser excelentes formas de investir um capital pequeno, como o dinheiro do abono salarial. Um diferencial é a isenção de tributos como o Imposto de Renda (IR), ou seja, os retornos brutos são iguais aos líquidos.

Ao investir em LCI e LCA, você deve lembrar que elas costumam ter prazo de carência, que é um período mínimo que o dinheiro precisa ficar aplicado.

Assim como o CDB, esses títulos também possuem a cobertura do FGC .

Letras de Câmbio com o PIS/Pasep

Muitos investidores iniciantes não conhecem esta opção. O seu funcionamento é semelhante ao CDB, contudo, esses títulos são emitidos pelas financeiras.

As LCs também contam com a garantia do FGC.

Esses ativos costumam ser recomendados por conta da alta rentabilidade. Em contrapartida, o prazo de vencimento pode ser maior. Assim, a LC é voltada para investimentos de médio e longo prazo.

Se o dinheiro do PIS/Pasep não tiver uma necessidade urgente de uso, esse é um bom tipo de aplicação.

Leia também: Saque do PIS/Pasep: o que acontece com quem não saca o abono salarial?

E como investir o dinheiro do PIS/Pasep?

Você pode procurar diretamente o gerente do seu banco. Certamente, ele irá apresentar todas as opções disponíveis e também tirar todas as suas dúvidas.

Veja mais: PIS/Pasep: confira 5 opções de como usar o dinheiro das cotas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here