Salário-maternidade agora é concedido automaticamente a partir do nascimento

0
84
salário-maternidade-concessão-automática
Salário-maternidade agora é concedido automaticamente a partir do nascimento

16 de janeiro – Agora a concessão do salário-maternidade é realizada de forma automática a partir do nascimento da criança. A partir desse mês de janeiro de 2020, o INSS implementará a concessão automática do salário-maternidade para os segurados.

Leia ainda:Auxílio-maternidade no caso de férias do trabalhador: especialista responde dúvidas sobre o assunto.

Qual o objetivo da iniciativa de concessão automática do salário-maternidade?

Salário-maternidade agora é concedido automaticamente a partir do nascimento
Salário-maternidade agora é concedido automaticamente a partir do nascimento

A iniciativa de concessão automática do salário-maternidade tem relação com um conjunto de medidas para modernização na liberação de benefícios da Previdência Social. Como faz parte desse processo essa medida funcionará de modo integrado com os cartórios de registro civil.

Leia ainda:INSS tem de pagar salário-maternidade para mulher que não retornou ao trabalho.

Segundo o atual presidente do INSS, Francisco Paulo Soares Lopes, o objetivo da iniciativa é aprimorar, facilitar e agilizar os processos, além também de aliviar um pouco a enorme carga de trabalho nas agências da entidade, que são obrigadas a lidar com um contingente gigante de pedidos, porém contando com poucos servidores.

Como funcionará a concessão automática do benefício?

Assim que a mãe ou então o pai da criança for até o cartório registrá-lo, as informações serão encaminhadas para o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Assim sendo, o benefício será automaticamente liberado. Com isso, pode-se evitar que haja algum atraso ou demora na concessão desse benefício.

De certa forma os cartórios funcionarão como “assistentes” do INSS na concessão desse benefício previdenciário. Além disso, os cartórios também poderão atualizar informações cadastrais junto ao INSS.

Portanto se alguém for registrar uma criança e o cartório averiguar a existência de algum erro cadastral, agora isso poderá ser corrigido ali no local mesmo, para que o benefício seja liberado.

A negociação com os cartórios

Ainda conforme dito pelo presidente do INSS, esse serviço de correção do cadastro do INSS feito pelos cartórios para prosseguir com a concessão automática do salário-maternidade, provavelmente será cobrado. Todavia, isso não custará mais do que R$ 5,00.

Leia ainda: Fila de espera do INSS: força-tarefa tenta reduzir atrasos de concessão dos benefícios.

Contudo, é válido recordar que a correção do cadastro, quando feita na agência do INSS, é totalmente gratuita.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here