Com as mudanças nas regras anunciadas pelo Governo Federal a partir da sexta parcela do auxílio emergencial, passou a existir a dúvida sobre quem tem direito ou não, a receber mais quatro pagamentos do benefício. O Portal da Transparência é uma opção para o cidadão conferir se ele continuará recebendo.

O site é uma iniciativa da Controladoria Geral da União – CGU – em parceria com o Ministério da Cidadania, que mostra a lista completa de todos os cidadãos aptos a receber benefícios do governo.

Dentre os benefícios que o portal mostra, está disponibilizada a lista com o nome de cada um dos brasileiros com direito a receber parcelas do auxílio emergencial.

Portal da Transparência mostra lista de beneficiários do auxílio emergencial
Portal da Transparência mostra lista de beneficiários do auxílio emergencial (Foto: Freepik.com)

Leia mais: FGTS: saiba a melhor forma de usar o recurso

O Ministério da Cidadania é o órgão responsável por gerir a base de dados do programa assistencial e define quem tem direito ao benefício.

Portal da Transparência: como procurar meu nome na lista?

No portal mantido pelo governo, é possível conferir a lista detalhada e completa do programa auxílio emergencial, com filtros por estado, município e mês.

  • Para procurar um nome na lista de beneficiários, primeiramente é necessário acessar o endereço do site, disponível através deste link.
  • Após acessar o portal destacado acima, o usuário encontrará uma página para que os filtros da busca sejam definidos;
  • Portanto, é necessário informar o auxílio emergencial como o tipo de benefício buscado;
  • Em seguida, inserir o seu estado, a cidade onde mora e clicar em detalhar;
  • Por fim, a plataforma pedirá para que a identificação do beneficiário seja fornecida. Pode ser nome completo, CPF ou NIS.

Leia também: 14º para aposentados: Ofício pode auxiliar na criação da parcela extra; veja

Outros dados fornecidos pelo portal

O Portal da Transparência ainda oferece todos os dados detalhados sobre gastos com os programas sociais mantidos pelo governo, como é o caso do auxílio emergencial.

Com a publicação em tempo real das informações sobre os benefícios, o cidadão pode manter-se alerta quanto ao destino do dinheiro público.

Portanto é possível fazer denúncias sobre fraudes e inadequações dos pagamentos.

A ideia de manter um portal com todos os gastos publicados é de reforçar a necessidade de transparência, e fortalecer o controle social sobre o que é feito com o dinheiro público no país.

Leia ainda: Adoção no Brasil cai pela metade durante a pandemia; entenda as razões para isso acontecer

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui