Responsável por atuar na área social, o Bolsa Família atende hoje mais de 13,5 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade e carência financeira. Tendo isso em vista, o abono natalino Bolsa Família 2020 será pago aos beneficiários? A dúvida surge mediante alguns fatores, como a perda de validade da Medida Provisória que tornaria o pagamento da parcela extra permanente e o pagamento do auxílio emergencial em substituição do programa.

Sendo assim, confira o que se sabe até o momento acerca do abono natalino Bolsa Família 2020 e o que o governo tem afirmado a respeito, bem como o que está relacionado ao auxílio residual.

Governo sinaliza pagamento do abono natalino Bolsa Família 2020; saiba mais
Governo sinaliza pagamento do abono natalino Bolsa Família 2020; saiba mais – Imagem: Divulgação G1

Leia também: Governo Bolsonaro desviou dinheiro do Bolsa Família? Entenda melhor

O dilema sobre o abono natalino Bolsa Família 2020

O abono natalino ou o 13º do Bolsa Família foi pago em dezembro de 2019, como forma de compensar a alta inflação do período.

O pagamento ocorreu, portanto, para todos os beneficiários regulamente inscritos no programa. Além disso, claro, repassou o valor extra correspondente à parcela que a família recebeu no mesmo mês.

Tendo isso em mente, a expectativa cresce entre os beneficiário, que aguardam algo semelhante agora em 2020. Mas na verdade, ainda não se sabe com certeza sobre o futuro do abono natalino.

MP perdeu a validade, mas presidente acena com possibilidade de financiamento

O senador Randolfe Rodrigues, filiado no partido Rede Sustentabilidade no estado do Amapá, foi o responsável por redigir a MP 898/19, que dava direito ao recurso.

No entanto, vale aqui ressalva de que a MP perdeu a validade no dia 24 de março deste ano. Embora tenha sido aprovada por uma comissão mista, não chegou a ser votada no Senado Federal.

Contudo, ainda no mesmo mês, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que o governo iria buscar meios de financiar o pagamento do abono natalino.

No entanto, o que se espera mesmo é que o auxílio emergencial substitua o abono natalino do Bolsa Família, como tem substituído o programa desde abril.

Em resumo, ainda é cedo para se cravar alguma informação. Não há nada ainda que confirme que o abono será pago. Muito embora, como já apontado, o presidente tenha sinalizado para a possibilidade do repasse, não houve um comunicado oficial.

Nesse sentido, a expectativa de muitas famílias é de que o presidente confirme a possibilidade, pois a crise que se abateu sobre o país permanece. O preço dos alimentos, por exemplo, segue em alta.

Auxílio residual Bolsa Família

O auxílio emergencial ou residual será pago até dezembro, restando ainda 3 parcelas para quem recebe o Bolsa.

Para este público, os pagamentos acontecem normalmente, de acordo com o calendário regular do programa.

Veja agora: Quando começa o pagamento do Bolsa Família? Saiba

Portanto, a parcela estará disponível de acordo com o dígito final do NIS (Número de Identificação Social). O conjunto numérico é formado por 11 dígitos, compreendendo os números de 0 a 9.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui