Transição capilar: o que você precisa saber sobre a renovação dos seus cabelos

Muito vem se falando sobre cabelos naturais, uma vez que a mulher da atualidade despertou para o fato de se aceitar, aceitar as madeixas em toda a sua diversidade de padrões, texturas, comprimentos, cores e estilos. Assim, a transição capilar tomou destaque nas conversas e, principalmente, na cabeça feminina.

Tornar-se natural pode ser uma forma incrível de expressão de amor próprio para aquelas mulheres que costumavam ter seus fios com permanente ou relaxados. A transição é simplesmente uma parte de quem elas e de sua jornada ao longo da vida para conhecer a si mesmas.

Assim, uma das perguntas mais comuns que se faz nesse sentido é: como ser natural? Como é o processo de transição capilar e como não desistir no meio do caminho? Para ajudar a todas que estão pensando mudar radicalmente a estrutura dos cabelos essa matéria foi preparada com muito carinho para vocês. Confiram nas dicas e informações para transformar os fios de forma saudável e confiante.

Mais mulheres estão aceitando a textura natural dos fios
Mais mulheres estão aceitando a textura natural dos fios (Imagem: Reprodução/Nossa! Que Vicio)

Leia mais: Máscara de iogurte e mel para os cabelos: aprenda a fazer e confira seus benefícios

Como é o processo de transição capilar

Talvez a maior pergunta feita quando se trata de voltar à forma natural dos cabelos. Podemos dizer que cortar toda ou quase toda a parte com química é o caminho mais fácil. É como dar um “reset” nas madeixas.

Cortando o cabelo tratado quimicamente, você pode recomeçar com um novo crescimento natural. Dessa forma, muitas mulheres adotaram essa escolha! Pode ser incrivelmente libertador deixar os fios soltos, juntamente com quaisquer inseguranças ou identidades que estão ligadas a eles.

Devemos enfatizar que essa é uma escolha pessoal! Independentemente de você optar por grandes ou pequenos cortes, não deixe ninguém lhe dizer que você fez a escolha errada ou que seu cabelo não é bonito. As madeixas são diferentes e todo mundo tem um relacionamento diferente com a “cabeleira”.

Do liso ao natural, caminho longo, mas recompensador
Do liso ao natural, caminho longo, mas recompensador (Imagem: Reprodução/Revista Glamour)

Tenha em mente que a transição capilar significa sem produtos químicos, sem relaxantes, sem calor. Não há meio termo aqui, nem retoques ou tratamentos “ocasionais”. Se você optar por ficar natural, jogue fora as químicas, bem como guarde os secadores e pranchas no fundo do armário.

Confira também: Como fazer shampoo de babosa: aprenda receita poderosa contra queda de cabelos

Esse é um processo lento, frustrante e desanimador em alguns momentos. É, por isso, que recomendamos que você decida, antes de tudo, por quanto tempo deseja fazer a transição. Ter um objetivo pode motivá-la a continuar quando os alisadores ou relaxantes parecem realmente tentadores.

Dicas úteis sobre a transição

Transformar seus cabelos com química em cabelos naturais, pode gerar muitos medos e dúvidas. Por isso, preparamos algumas dicas especiais. Veja só!

Apare seu cabelo regularmente

Isso removerá pontas duplas, ajudará seus fios a crescer mais rápido, a mantê-los mais saudáveis e, finalmente, aproximar-se de ser totalmente natural. Você pode cortar de acordo com o que for mais confortável para sua auto estima.

Evite produtos com ingredientes tóxicos ou secantes, que aumentam a quebra e o frizz

Suas madeixas precisam agora de óleos naturais mais do que nunca. Assim, os sulfatos os removerão, deixando o cabelo seco e quebradiço. No entanto, não pare de lavar os fios completamente. Caso não os limpe regularmente, terá muito acúmulo de produto. Você pode usar um shampoo sem sulfato, uma ou duas vezes por semana, por exemplo.

Na transição capilar, encontre um estilo com o qual se sinta confiante

Recomendamos experimentar prender com um penteado bacana, usar tranças ou rabos de cavalo para ajudá-la a misturar as duas texturas do cabelo até terminar a transição.

Hidrate, hidrate, hidrate

O condicionamento profundo é importante para todos, independentemente do estado ou textura das madeixas, mas é absolutamente inegociável se você estiver em transição. Assim, seu cabelo está em um estado fraco e frágil, portanto, precisa de todos os nutrientes e umidade que puder obter.

Faça da hidratação uma parte essencial da sua rotina de cuidados com os cabelos, fazendo tratamentos a cada duas semanas ou com a mesma frequência de antes, semanal.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.