Cruel Summer: 5 motivos para ver no feriadão

Série entrou no catálogo Prime Video no início de agosto e é ótima opção de entretenimento

Ainda no início de agosto a série Cruel Summer (Verão Cruel) estreou no streaming Prime Video. Desde então, causou burburinhos e deu no que falar. E isso não é à toa, pois a trama adolescente traz o que mais gostamos nesse tipo de produção. Ainda não viu? Pois confira hoje mesmo (04/09) 05 motivos para se render à produção.

05 motivos para ver Cruel Summer no Prime Video

Listamos abaixo alguns dos porquês de apostar nessa série para ocupar o seu tempo nesse feriadão. E, caso ainda não tenha ficado claro, saiba que a redação amou a nova produção do Prime Video e, agora, queremos lhe convencer a conferir também!

01 – Jogos psicológicos de qualidade

Primeiramente, a série do Prime Video traz uma trama que se desenrola ao longo de 10 capítulos. Ao fazê-lo, ela apresenta pontos de vista e acontecimentos diferentes que se dão, sempre, na mesma época em 03 anos diferentes. Com isso, os jogos psicológicos conferem à trama simples um brilho próprio.

02 – Chiara Aurelia e sua interpretação de tirar o fôlego

Chiara Aurelia interpreta uma das protagonistas, Jaenette. Logo no início do primeiro capítulo de Cruel Summer fica claro que a sua personagem passará por grandes transformações: de adolescente nerd à menina popular da escola e, depois, à exclusão e revolta.

E ela não brinca em serviço. É um verdadeiro deleite acompanhar a transformação dela que, em verdade, fica clara em cada capítulo, uma vez que cada uma das Jaenettes se apresenta sempre, deixando clara a transformação e a capacidade de interpretação de Aurelia.

cruel summer
Transformação de Chiara Aurelia (Jeannete) é um dos pontos altos da série: Foto: E! Online

03 – Série joga com impressões e diz que me disse no melhor estilo A Favorita

Ainda, a série se baseia em uma premissa simples, mas que dá muito certo e, não por acaso, lembra uma famosa novela brasileira: A Favorita. Assim como as protagonistas da obra tupiniquim, Cruel Summer usa a palavra de uma contra a outra. E, ao longo dos capítulos, somos convidados a acompanhar o que realmente aconteceu. E nada é o que realmente parece.

04 – Narrativa de Cruel Summer foge do convencional

Como dito brevemente, cada um dos capítulos da série apresenta o que aconteceu, à mesma época, em três anos diferentes. E isso, por si só, já confere a ela algo bastante diferente, mesmo que se valha de alguns (ok, vários) clichês adolescentes.

Ainda, a série se passa nos anos de 1993, 1994 e 1995. Assim, é uma verdadeira viagem no tempo e um jeito diferente de vermos as tramas adolescentes se passando em um momento em que a internet chegava às casas da população.

05 – Trama adolescente com problemas adultos, do jeitinho que gostamos

Por fim, Cruel Summer ganha muitos pontos por apresentar algo que a maioria ama, mas poucos admitem em voz alta: nós amamos tramas adolescentes. Especialmente em casos como esse, em que os protagonistas em tenra idade lidam com problemas adultos não só deles, mas das pessoas ao seu redor.

Dessa forma, que tal apostar nessa trama para se divertir no feriadão? Depois conta pra nós o que você achou e se também é fã de produções adolescentes.

Aprenda agora 3 drinks deliciosos para fazer em casa

Está com vontade de beber aqueles drinks deliciosos dos bares, mas, não quer sair de casa? Então, anote as receitas deste vídeo, são 3 drinks muito saborosos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.