Anúncio

Aprenda como cuidar de mini orquídeas: deixe sua plantinha saudável com essas incríveis dicas

Essas belezinhas são delicadas e merecem atenção especial, além de ações específicas

Foto do revisor (Andreia Eliza)
Revisado por: (Andreia Eliza)
Anúncio


Uma das flores favoritas das pessoas é a orquídea. Suas folhas brancas ou violetas são sinônimo de elegância e bom gosto, enquanto sua forma delicada a torna um elemento de decoração único para nossa casa. Mas, e as versões pequenininhas das flores? Se comprar para si ou ganhar de presente, como cuidar de mini orquídeas? Bom, a resposta você encontrará na matéria que o Casa & Agro, do Tecnonotícias, preparou nesta sexta-feira, 26 de novembro.

Continua depois da publicidade

Se você está a pensando aprender como cuidar de mini orquídeas, a primeira dica é: paciência. Isso porque, como são flores pequenas e realmente delicadas vão requerer atenção de sua parte, já que regas fora de hora, luz excessiva ou solo mal tratado podem destruir a beleza da espécie.

Continua depois da publicidade

Assim, leia mais: Orquídea Gosta De Sol Ou Sombra? Veja O Melhor Ambiente E Dicas De Cuidados Para Sua Plantinha

Continua depois da publicidade

Como cuidar de mini orquídeas com prazer e sem problemas

como cuidar de mini orquídeas
Aprenda como cuidar de mini orquídeas: deixe sua plantinha saudável com essas incríveis dicas. Foto: Freepik

Comece identificando o tipo de orquídea que você tem em casa. Dentro da família existem mais de 30 mil espécies diferentes, porém, o tipo mais comum de se encontrar em viveiros e supermercados é a Phalaenopsis. É muito provável que a sua pertença a este gênero, por isso, desta vez, vamos nos concentrar nos cuidados específicos desta espécie.

A luz certa

Como já sabemos, a orquídea é de origem tropical, isso significa que tem necessidades muito específicas. Para que a entrada de luz seja semelhante ao seu habitat natural, recomendamos colocá-la perto de uma janela iluminada.

Mas, cuidando para que não receba luz direta. Lembre-se que essas plantas vivem à sombra dos galhos e da vegetação das árvores. Outra opção é colocá-la próximo a uma janela com cortinas que filtram a iluminação.

Antes de colocar sua orquídea em um vaso, você deve pensar que as raízes crescem na superfície das árvores. Portanto, também precisarão de filtragem de luz para realizar a fotossíntese.

Modo de irrigação

A mini orquídea é inconstante no que diz respeito à quantidade de água de que necessita. Em seu ambiente natural, passa a estação das chuvas com grandes captações de água, enquanto na estação mais seca, aproveita a umidade do ambiente e a água captada nas raízes para se alimentar. Oriente-se colocando o dedo na terra. Está seca? Água! Está úmida? Espere um pouco.

O ideal seria fazer a rega uma vez por semana, garantindo o escoamento do excesso de líquido. Uma dica é fazer pequenos furos no seu vaso, sempre verificando se está escorrendo o excesso. Tal ação evitará o apodrecimento das raízes.

O tipo de substrato

Se você é daqueles que não gostam de complicar as coisas, pode comprar um substrato especial para orquídeas. É possível encontrar facilmente em qualquer loja especializada em jardinagem. Mas, se quiser fazer o seu próprio substrato, pode usar a casca do pinheiro mediterrâneo e a cortiça, da casca do sobreiro, como bases. Turfa branca, servirá como elemento para manter a umidade e os grânulos de argila para escoamento.

Que fertilizante usar?

Use um fertilizante com concentração de nitrogênio, fósforo e potássio para obter uma planta saudável. A concentração desses elementos depende da sua estação. Se a mini orquídea está em seu estágio de desenvolvimento, procure um substrato com altos níveis de nitrogênio; se estiver florescendo, adicione uma proporção maior de potássio e fósforo; e se não estiver em nenhum desses dois, equilibre os três elementos.

Aprender como cuidar de mini orquídeas resultará em uma floração abundante. Quando chegar a hora de podá-la, você precisará seguir alguns passos simples. Pegue a gema localizada na axila das folhas e corte-a na diagonal, sem esquecer de retirar completamente os pólos. Se sua orquídea tem pequenas orquídeas no caule, conhecidas como keikis, você pode separar essas raízes e plantá-las com cuidado em outro vaso. Assim, suas flores serão belas e te darão alegria e beleza por muito tempo!

Portanto, veja também: Aprenda Como Recuperar Orquídeas Com Folhas Murchas E Raízes Secas Apenas Com Essas Dicas Infalíveis

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Accept Read More