Azeite: saiba como é feita a produção e o seus valores nutricionais para saúde humana

O azeite de oliva é um dos mais importantes e antigos do mundo, bastante utilizado na culinária mediterrânea

Azeite
0 52

- Advertisement -

Por sua grande riqueza e excelentes benefícios, o blog  Casa & Agro do site Tecno Notícias preparou hoje, 13 de outubro, um guia com todos os detalhes sobre o azeite. Este tipo de óleo é um dos mais importantes e antigos do mundo, bastante utilizado na culinária mediterrânea. 

Rico em ácidos graxos monoinsaturados e oleico ômega-9, possui propriedades de redução das concentrações sanguíneas de LDL ou mau colesterol. Assim, também aumenta o HDL, ou seja, o bom colesterol.

Dicas de como plantar esse vegetal: passo a passo para cultivar a berinjela em casa

- Advertisement -

Seus benefícios

O azeite de oliva ,com suas riquezas, ajuda a rejuvenescer a pele e impedir a síntese do colesterol ruim, protegendo o coração e prevenindo derrames. Então, esse poderoso ingrediente combate a diabetes, favorece o emagrecimento e aumenta a sensação de saciedade. O azeite também é analgésico e anti-inflamatório.

Como é a produção do azeite

O processo começa com a colheita das azeitonas nas oliveiras. Depois disso, os frutinhos devem ser lavados e imediatamente macerados. Uma massa é obtida pela maceração, prensada ou centrifugada para separar a parte líquida da água e óleo da parte sólida do fruto.

Em seguida, é feito o armazenamento do líquido em tanques para que o azeite decante e separe a água da azeitona. Por último, tem-se a filtragem para garantir a pureza do ingrediente.

Como harmonizar

- Advertisement -

  • Pratos condimentados, como na cozinha chinesa, tailandesa e indiana, além de queijos em geral, devem ser combinados com azeites levemente frutados, feitos com azeitonas Frantoio ou Hojiblanca;
  • Saladas com folhas amargas, como rúcula e agrião, ou carnes e legumes caem bem com azeites mais verdes, como os feitos com as azeitonas Coratina e Picual;
  • Sabores ácidos e doces, como carne de porco, salmão e frutos do mar combinam com azeites mais adocicados e maduros, e as azeitonas Arbequina e Koroneiki.

Portanto, confira também: Aprenda como plantar orégano: conheça os cuidados e benefícios; veja mais

Azeite extra virgem

Para os azeites virgens, após a filtragem final, são realizados testes de sabor, aroma, cor e composição química. Essa última análise mede a quantidade de ácidos graxos encontrados em cada 100 gramas do óleo, aí vem a separação dos extra virgens.

No máximo de 0,8% de acidez, outras podem chegar a até 0,1%, azeite com acidez entre 0,8 e 2% é considerado apenas virgem. Acima disso, o óleo nem sequer deve ser usado para consumo.

Melhor azeite

Escolher apenas óleos virgens ou extra virgens é o primeiro passo para acertar na hora de comprar um azeite. A acidez é importante, mas nem sempre é o fator que mais influencia no sabor do óleo. Por isso, experimente marcas diferentes para saber qual é a mais aromática e a que mais agrada seu paladar.

Assim, leia mais: Mês a mês: saiba o que plantar em sua horta o ano inteiro para garantir sucesso na colheita

Comentários
Loading...