Jatobá: informações e curiosidades, confira novidades que você não sabia

Mais nutritivo do que muitas frutas

Foto do revisor (Robson Lemes)
Revisado por: (Robson Lemes)
Anúncio


Hoje, dia 24 de janeiro de 2022, na sessão Robson Lemes do Tecno Notícias, na coluna Horta & Jardim, falaremos sobre o jatobá. Apresentaremos os benefícios desse fruto, como reconhecer e como incluir na culinária.

Continua depois da publicidade

O fruto jatobá a primeira vista não é muito atrativo. Contudo, é tão nutritivo que merece uma chance. Nativos da América Central e do Sul, temos uma variação que é endêmica do Cerrado.

Nativo do Cerrado o Hymenaea stigonocarpa o jatobá do campo. Já o Hymenaea courbaril é conhecida como a variedade da mata. O da mata é maior, mais alto e de copa frondosa do que o do Cerrado.

Continua depois da publicidade

Fruto de odor bem forte e característico das frutas do Cerrado. Em outras palavras, é muito chamativo para os animais e bastante consumido. Constantemente encontrado em pastos, matas e usado na arborização de parques.

Continua depois da publicidade

Considerado uma PANC, apesar disso é famosa pelos usos medicinais. Ao passo que comprar polpa em lojas de produtos orgânicos e fitoterápicos é fácil. Proibido o corte da madeira, anteriormente foi comum usar na construção civil.

jatobá da mata - Foto: Isabel Rose
Jatobá da mata – Foto: Isabel Rose

Como consumir o Jatobá?

Em primeiro lugar é uma polpa bem seca, de coloração esverdeada. Consumida in natura, em vitaminas, adicionada sobre a comida ou elaborando pratos. Em segundo lugar, tenha em mente que é um sabor marcante, use com parcimônia para não estragar a comida.

A dica é colocar no feitio de bolos, pães, biscoitos, caldos, massas geral e principalmente em pratos adocicados. Seja como for é uma bomba nutricional, tudo que tem nesse fruto é bom.

Benefícios

Rico em ferro, magnésio, potássio, cálcio, fósforo, vitamina A, vitamina C. Fonte de antioxidantes, antifúngico e anti-inflamatório. Previne anemia, auxilia no bom funcionamento do intestino e fortalece o fígado.

As resinas são usadas na indústria de tintas e vernizes, além de ser um fitoterápico potente. Ou seja, se passar por uma árvore dessa colete as resinas. Produz bastante, só coletar do chão ou do fruto. As cascas são ótimas para adubar o solo, decompõem rapidamente e possuem muita biomassa, nutrientes e resina.

É recomendado plantar para alimentação animal de bovinos, suínos e equinos, além de produzir muitos frutos os animais adoram. Enfim é uma planta incrível, nativa e se encontrar na natureza faça uso.

Leia: 4 frutas típicas do cerrado brasileiro que merecem ser experimentadas – Tecnonoticias

Carregando comentários aguarde...
...
...