Bolsa Família – Em 2019, mais precisamente em dezembro, os beneficiários do Bolsa Família puderam contar com uma parcela extra do programa, o abono natalino. Com o final do ano se aproximando, a expectativa é que o mesmo aconteça em 2020, sendo pago, assim, o 13º Bolsa Família. Mas será possível?

13º Bolsa Família: pagamento extra vai acontecer em 2020? Saiba mais
13º Bolsa Família: pagamento extra vai acontecer em 2020? Saiba mais – Imagem: Divulgação Folha

No entanto, não é certo se o pagamento da parcela extra vai acontecer, uma vez que a pandemia pela Covid-19 alterou o andamento de diversos programas, bem como fez surgir o auxílio emergencial que atualmente está substituindo o Bolsa Família.

Portanto, saiba mais a respeito do assunto e entenda o impasse acerca do 13º Bolsa Família para este ano de 2020.

Leia também: É possível fazer Cartão Cidadão pela internet? Entenda

O 13º Bolsa Família vai acontecer em 2020?

Ainda não se sabe se o 13º Bolsa Família será repassado este ano. Isto porque a parcela extra estava prevista e foi paga somente ano passado, como forma de compensação relativa à alta inflação de 2019.

Contudo, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) encaminhou ao Senado Federal uma proposta (Medida Provisória 898/19) que perdeu a validade ainda em março, sem ser avaliada pela Câmara dos Deputados.

A referida proposta tratava de tornar o pagamento extra, permanente; ou seja, o 13º Bolsa Família seria pago em todos os anos aos beneficiários do programa. Mas, como não houve votação, a medida não poderá ser posta em prática.

Porém, no mesmo mês, o presidente Jair Bolsonaro (ex PSL) afirmou por meio de uma transmissão ao vivo nas redes sociais que o governo iria buscar meios para pagar o abono natalino, como ocorreu no ano anterior (2019).

Embora não exista uma confirmação oficial, a população aguarda o pagamento efetivo do 13º Bolsa Família, pois a situação de crise ainda prejudica o país e as camadas mais carentes.

Portanto, novas notícias estão sendo aguardadas acerca do abono natalino. Mas, o pagamento do auxílio emergencial até dezembro está garantido, segundo o governo.

Quando o pagamento do auxílio residual Bolsa Família começa?

Como passou por uma segunda (e última) prorrogação, o auxílio emergencial será pago até dezembro, totalizando 9 parcelas.

No entanto, as cotas foram reduzidas pela metade, correspondendo a R$ 300 e R$ 600 no caso de mulheres chefes de família.

Dessa forma, para quem recebe o Bolsa Família e está apto a receber o auxílio, receberá as cotas até o final do ano, as quais são superiores às parcelas do Bolsa Família, uma vez que a média é em torno de R$ 200.

Sendo assim, o pagamento da 7ª parcela relativa a outubro começará a ser repassada na próxima segunda-feira, dia 19.

Portanto, para os demais beneficiários, o calendário de pagamento segue durante os 10 últimos dias úteis do mês, pagando o auxílio residual Bolsa Família até o dia 31 de acordo com o NIS.

Veja ainda: Vai ocorrer o reajuste Bolsa Família 2020? Entenda melhor sobre o assunto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui